terça-feira, 4 de julho de 2017

Doenças em Guppies

http://1.bp.blogspot.com/-otS3muGJnG0/Tsl0xpKXswI/AAAAAAAAAPU/zFQ33eeFQeM/s1600/o-rudofasshonn_mozaiku_guppi-.jpg

Foram feitas muitas pesquisas científicas no mundo em relação às doenças dos peixes, mas a maioria das informações eram todas relacionadas à indústria para criação comercial de peixes e não para o nosso hobby de criação em aquários. Além disso, cada espécie de peixes de aquário é única nas doenças às quais é predisposto a contrair. Qualquer um que se dedicou a esse hobby por algum tempo certamente enfrentou problemas ao tentar diagnosticar e tratar uma doença de guppy.
Há muito pouca informação específica relativa a doenças de guppy disponível na comunidade científica.
Um diagnóstico definitivo em doenças de guppy através de exame microscópico é muito difícil, pois requer equipamento caro e treino intenso em histologia e patobiologia de peixes. Um laboratório universitário ou um laboratório de diagnóstico privado podem ser usados desde que eles tenham conhecimentos específicos em doenças de peixes de aquário e não somente em doenças de peixes usados em aquacultura. Enviar amostras para um laboratório é uma opção bastante cara, e só deve ser adoptada em ultimo caso.

Na listagem a seguir encontramos as doenças mais comuns encontradas no guppy e um resumo dos agentes causadores. Os organismos foram organizados através de classificação taxonômica.


Doenças Bacterianas

Aeromonas Hydrophila – É um agente (gram-negativo) causador de doenças. Esta é uma enfermidade comum no guppy que causa infecções na bexiga natatória, periotonite (hidropsia), septicemia e lesões ulcerativas na pele. Guppies são altamente susceptíveis a infecções internas por este organismo.
Tratamento: Kanamicina, Enrofloxacin.

Pseudomonas Fluorescens – É um germe patogênico gram-negativo, causa infecção bacteriana, putrefação de barbatana, e septicemia hemorrágica. É um organismo altamente invasivo e difícil de tratar. Pode matar todos os guppies de um aquario em algumas horas.
Tratamento: Kanamicina ou Neomicina, mas Enroflozacin (caro) é o melhor.

Flexibacter Columnaris - uma bactéria gram-negativa que causa putrefação de pele, brânquias e barbatanas, freqüentemente encontradas com Aeromonas. Este organismo não parece ser tão comum em guppies como a literatura sugere.
Tratamento: Trimetoprim-sulfa (TMZ), Eritromicina ou Neomicina.

Streptococcus - um cocci gram-positivo, o mais comum residente natural das camadas mucosas dos guppies. Frequentemente causam infecções bacterianas secundárias com respeito a dano, outros organismos de doença, ou más condições da água. Causa principal de linhas brancas nas nadadeiras dos guppies. Eles são os mais comuns agentes patogênicos bacterianos dos guppies.
Tratamento: Trimetoprim-sulfa, combinações de Furazolidin ou Eritromicina.


Doenças de Fungos

Saprolegnia - Estes são em ecossistemas de água doce. Os organismos causam o crescimento de tufos de algodão na pele, barbatanas e boca e normalmente afetam os tecido estragados. Estes são fáceis de identificar pelo microscópio. Tratamentos incluem Tripla sulfa, banhos de mercurio cromo , banhos de água salgada e Formaldeído.

Ichthyophonus - Isto é um doença de fungo interno infecta que ataca os órgãos do peixe causando o seu enfraquecimento. Os intestinos, ovário, e fígado são infectados. As fêmeas morrem primeiro pois os ovários são atacados primeiro. A doença é contraída ingerindo comida contaminada, ou as fezes de peixes contaminados. Essa doença não é tratável! Todos os peixes afetados devem ser destruídos e os tanques devem ser desinfetados.


Doenças Parasitárias

Protozoários

Ichthyophithirius Multifilis - Ictio, doença de pontos brancos, comum em aquários
Tratamento: formaldeído, eleve a temperatura para 28 °C durante 7 dias.

Icthyobodo Necatrix - (costiasis) Causa angústia respiratória atacando as brânquias. Os peixes podem morrer sem sinais visíveis. Alguns irão enfraquecer. Este é um protozoário flagelado sobre o microscópio; Comum em guppies.
Tratamento: Formaldeído

Hexamita - Causa enfraquecimento e fezes brancas em guppies. Comum em aquários mal mantidos. Comum em guppies.
Tratamento: Metronidazole na comida

Tetrahymena - Causa popeye, doença do giro, doença da mancha branca. Não é altamente contagioso. Comum em pobres condições de água.
Tratamento: Melhore as condições de água, formaldeído, banhos de merbromin.

Myxosporidiosis - Causa cistos brancos no corpo, particularmente próximos do pendúnculo dos guppies. Pouco constante e não muito prejudicial.
Tratamento: banhos de merbromin.

Oodinum - Veludo ou doença de pó de ouro. É um protozoário em forma de pera que de prendem às brânquias e pele dos peixes. Este organismos não suportam sal.
Tratamento: Formaldeído

Vermes

Dactylogyrid , Urocleid , Brânquia (Vermes) - Eles causam angústia respiratória em grande número. Comum e frequentemente não diagnosticados.
Tratamento: Praziquantel.

Gyrodactylid , Verme da Pele - muito comum em guppies.
Tratamento: Praziquantel

Haplobothrium, Vermes do Figado - Estes são introduzidos nos aquários por caracóis. Difícil tratar. Nematodes (vermes) - Três gêneros afetam comumente os guppies : Eustrongyloides, Capillaria, e Callamanus. Eles causam enfraquecimento e fezes brancas. Eles são altamente contagiosos. Eles são os parasitas mais comuns de guppies e se não tratados acabarão com toda uma criação de guppies.
Tratamento: Fenbendazole é o melhor. Trabalha bem e não prejudica o peixe. Outros tratamentos foram experimentados, inclusive Levamisole e Ivermectin. Estas combinações destroem as lombrigas mas são muito tóxicos aos peixes. Exame de peixes mortos revelarão facilmente as lombrigas adultas.
Uma nota sobre antibióticos: Podem ser tratadas muitas doenças de guppy efetivamente com vários antibióticos diferentes. O uso constante de um mesmo antibiótico provoca o desenvolvimento de organismos resistentes que em pouco tempo tornam esse medicamento ineficaz. Usando antibióticos de diferentes tipos alternadamente ajudarão a prevenir o desenvolvimento de organismos resistentes.

0 comentários :

Postar um comentário

Este blog não é destinado apenas para adultos, portanto não seram admitidos propagandas, linguagem impropria, ofensiva ou obsena que caracterize atitudes evidentes de desrespeito ou grosseria e/ou nada que a desperte curiosidade ou a atenção de menores ou contribuir para que eles adotem valores morais ou hábitos incompatíveis com a menoridade.
As pessoas que inflingir estas regras serão denunciadas ao setor de analize de conteúdo do Google podendo ter sua conta encerrada permanentemente.