terça-feira, 4 de julho de 2017

Como Selecionar Matrizes de Guppy

Zoom: A+ A-

Um dos mais importantes aspectos da criação de guppies é a selecção ou escolha de reprodutores - matrizes. Estes peixes tem a distinta honra de carregar ou manter a linhagem. Estes reprodutores passarão para as próximas gerações, para melhor ou pior, aqueles genes ou fenótipo que a próxima geração herdará. Lembro-me, anos atrás, trabalhando numa linha de greens, eu notei um macho que tinha aquela rica cor verde que eu estava procurando. Então eu peguei uma rede e coloquei este peixe num aquário de matrizes. Então, voltei ao mesmo aquário e peguei duas fêmeas colocando-as junto ao macho escolhido anteriormente. Os meses se passaram e as fêmeas produziram suas crias e os jovens peixes cresceram. Agora, a maioria das pessoas esperariam que eu teria ao menos alguns peixes nesta geração, que tivesse aquela cor verde especial. Poucos apresentaram a cor verde.

Aquelas matrizes também produziram machos que tinham cauda tão fechada que mais pareciam com cauda em véu. Isto é o que você chama de desapontamento. Então, o que você pode fazer para limitar este tipo de desapontamento ? A resposta é: selecionar as matrizes cuidadosamente.



  1. Cauda em véu
  2. Cauda betta
  3. Cauda em tesoura ou V
  4. Cauda em dupla espada
  5. Cauda em espada inferior
  6. Cauda em echarpe ou scarftail
  7. Cauda comum ou selvagem
  8. Femea dourada
  9. Cauda de femea pontuda
  10. Cauda selvagem espada inferior
Para começar, você deve conversar com o criador de quem você comprou seus peixes. Pergunte a ele, quais são as qualidades que você precisa observar no macho. Há qualquer traço particular que você precisa estar atento quando selecionando aquele macho? Agora, a escolha da fêmea é também muito importante. Pergunte as mesmas questões sobre as fêmeas. Certos criadores de guppies tem algumas linhagens tão estabilizadas que as fêmeas são quase neutras. Mas em minha experiência, isto tem sido uma excecção à regra. Por causa de vários cruzamentos, é definitivamente prudente prestar atenção em ambos, macho e fêmea.Então, como você faz para selecionar suas matrizes ? Bem, eu utilizo a regra: CFT – Cor, Forma e Tamanho . (as siglas originais em inglês são CSS – Color, Shape and Size).
E começo classificando meu machos pelo que melhor apresenta a cor que eu estou procurando. Como um grande criador (Gary Mousseau) uma vez disse, “se a cor não é certa, então você pode ter todo o tamanho do mundo e tudo que você terá é um grande peixe com a cor errada”. E ele está certo. Se você está criando um peixe de cor sólida, como o purple, a cor deve ser a mesma na cauda e dorsal, cauda e corpo. Quanto mais cor no corpo melhor é a cor sólida do peixe.
Os Half Black (metade preto) devem ter uma cor preta bem escuro no corpo, começando na altura da nadadeira dorsal e indo para o final do corpo do peixe terminando na linha de demarcação no final do pendúculo caldal. Na região que compreende o começo do half black até a boca do peixe, quanto mais cor da caudal existir nesta região, melhor. Snakeskins devem ter o padrão de pintas no corpo inteiro, sem apresentar barras verticais no pendúculo caudal. Próximo parâmetro a ser observado na seleção é a forma. Qual é a qualidade de um peixe que tem uma excelente cor mas tem o corpo, dorsal ou cauda com uma pobre forma ? Você está falando sobre perder pontos importantes em um show quando o peixe tem a forma deficiente em uma destas áreas.
Se você está criando Deltas, você quer uma dorsal no formato de um paralelogramo que é idealmente uma unidade de altura por três de comprimento. A dorsal deve ser o mais quadrada possível sendo empinada como uma bandeira. A cauda de ser um triângulo com os lados iguais com uma angulação entre 55 e 70 graus. A cauda não dever ter cantos arredondados e o tamanho deve ser proporcional ao tamanho do corpo do peixe. Tenha em mente que o corpo deve estar na mesma proporção que a cauda , ex: um por um ou 1,25 por 1,25.
O corpo do peixe não deve ter depressões na cabeça ou deformidades na espinha apresentando uma corcunda. Um pendúculo largo é sempre a melhor escolha. Eu prefiro os com corpo medio e pendúculo largo a peixes compridos com pendúculo fino. O ângulo da cauda é importante. Um bom ângulo começa imediatamente no fim do pendúculo. Algumas linhagens podem produzir fêmeas com cauda delta, cauda arredondada ou cauda de tubarão. Tome nota qual destas produz melhor ninhada.
Lembre: Cor, Forma e Tamanho. Será de grande ajuda.

0 comentários :

Postar um comentário

Este blog não é destinado apenas para adultos, portanto não seram admitidos propagandas, linguagem impropria, ofensiva ou obsena que caracterize atitudes evidentes de desrespeito ou grosseria e/ou nada que a desperte curiosidade ou a atenção de menores ou contribuir para que eles adotem valores morais ou hábitos incompatíveis com a menoridade.
As pessoas que inflingir estas regras serão denunciadas ao setor de analize de conteúdo do Google podendo ter sua conta encerrada permanentemente.