terça-feira, 4 de julho de 2017

Dicas Para Seu Primeiro Aquário

Zoom: A+ A-

O Brasil é um país de natureza exuberante, com enorme rede hidrográfica e grande parte de sua costa banhada pelo mar. Ter e manter um aquário é um fascinante e crescente hobby no país, através do qual podemos reproduzir um pedacinho desses ecossistemas em nossos próprios lares. 

Ao contrário do que muitos imaginam, ter peixes como animais de estimação não é trabalhoso e sim, muito prazeroso. O problema é que muitos compram seu primeiro aquário com “UM peixinho tão lindinho” sem estudar e pesquisar o assunto antes.

Os cuidados necessários são simples, mas podem aniquilar toda a população de um aquário se não forem adequados. O resultado é ver o “peixinho lindinho” boiando sem vida e concluir que fazer um aquário dar certo é muito difícil! O sucesso de um aquário não tem nada a ver com sorte, ele é resultado de conhecimento.

 60 cm x 30 cm x 40 cm
(Comprimento x Largura x Altura)
é um bom tamanho e bastante comum nas lojas de aquarismo


Como todo ser vivo, os peixes precisam de alguns cuidados específicos (não adianta querer alimentar um cachorro com salada, não é?) e antes de começar este hobby é preciso aprender o básico sobre espécies de peixes e manutenção de aquários. 

Primeiramente, muitos iniciantes acreditam ser melhor e mais fácil começar com um aquário pequeno. Curiosamente, neste caso, a realidade é o inverso. Na maioria dos casos, um aquário de tamanho médio ou grande é mais fácil de se manter. 

Uma das razões é que um aquário pequeno possui uma capacidade de volume de água muito limitada, ao contrário do que acontece no habitat natural do peixe.

Quanto mais similar o habitat de seu aquário for do habitat natural do peixe que você escolher, maiores serão as chances de sucesso.

Além disso, qualquer forma de poluição ou infecção que cause a morte de um peixe em seu aquário, se propagará mais rapidamente em um aquário pequeno do que em um que tenha muito mais volume de água.

É como a propagação da gripe em um ambiente pequeno e fechado. O volume de água que um aquário médio ou grande contém é uma grande vantagem e vai trabalhar a seu favor, minimizando os efeitos de alguns equívocos que você possa cometer, sendo um iniciante e tentando criar um habitat melhor para seus peixes.

Outro erro comum cometido pelo iniciantes é a velocidade com que enchem seus aquários de água e a velocidade com que introduzem os peixes nele. Você deve ter sempre em mente que está criando um ecossistema similar ao habitat natural do peixe que quer introduzir. Será que o peixe vive sozinho na natureza? É claro que não! Ele vive entre bactérias, fungos e diversos outros microrganismos, sem mencionar as plantas e outras criaturas.

Por isso, recomenda-se que o aquário seja enchido aos poucos, dando tempo para que alguns desses benéficos microrganismos se desenvolvam na água antes da introdução de vários peixes. 

Em um ambiente natural as fezes dos peixes são rapidamente diluídas, mas em um aquário os resíduos das fezes poluem a água e a tornam insalubre para o seu peixe. O principal componente desses resíduos é a amônia, liberada nas fezes, pelas brânquias e pela decomposição das fezes e restos de comida. Existem bactérias que consomem amônia e a transformam em nitrito, que é menos ofensivo para os peixes e, ainda, outras bactérias que consomem o nitrito e o transformam em nitrato, sendo este ainda mais inofensivo para os peixes do que a amônia.

Quando você começa um aquário, essas bactérias benéficas ainda não tiveram tempo de se desenvolver. O ideal é formar inicialmente uma pequena fonte de amônia (apenas alguns peixes pequenos) e esperar algumas semanas até que colônias dessas bactérias cresçam e você possa aumentar a população de peixes.

0 comentários :

Postar um comentário

Este blog não é destinado apenas para adultos, portanto não seram admitidos propagandas, linguagem impropria, ofensiva ou obsena que caracterize atitudes evidentes de desrespeito ou grosseria e/ou nada que a desperte curiosidade ou a atenção de menores ou contribuir para que eles adotem valores morais ou hábitos incompatíveis com a menoridade.
As pessoas que inflingir estas regras serão denunciadas ao setor de analize de conteúdo do Google podendo ter sua conta encerrada permanentemente.