DOWNLOAD VEGAS PRO 15 EM PORTUGUÊS

O VEGAS Pro sempre tem sido um inovador. A Versão 15 continua com esse legado e traz uma interface completamente personalizável que proporciona uma suprema flexibilidade......

DOWNLOAD SOUND FORGE 11 EM PORTUGUÊS

O programa oferece uma operação eficiente e confiável dos editores e diretores de som, com plena consideração todos os aspectos da edição de áudio e masterização. E no estúdio e no campo é uma........

DOWNLOAD PHOTOSHOP CC EM TORRENT

Criar qualquer coisa que você pode imaginar. Em qualquer lugar você é. Melhor aplicativo de imagem e design do mundo oferece agora até mesmo mais possibilidades criativas com novas......

DOWNLOAD AFTER EFFECTS CC EM TORRENT

After Effects CC é a famosa ferramenta da Adobe que é padrão para quem quer entrar no ramo ou já trabalha profissionalmente com animações tridimensionais e aplicação de efeitos......

DOWNLOAD AUTOCAD 2017 EM TORRENT

AutoCad 2017 ajuda as pessoas a imaginar, projetar e criar um mundo melhor. Todo mundo-de profissionais de design, engenheiros e arquitetos para artistas digitais......

DOWNLOAD NERO 2017 PLATINUM EM TORRENT

O Nero 2017 é o novo pacote da suíte de aplicativos de gravações e edições da Nero. Ele vem repleto de opções e grandes novidades. A cada ano a empresa atualiza seu maior software de aplicativos.......

DOWNLOAD GTA V EM TORRENT

Quando um malandro de rua, um ladrão de bancos aposentado e um psicopata aterrorizante se envolvem com alguns dos criminosos mais assustadores e loucos do submundo, o governo......

22 MANEIRAS DE GANHAR DINHEIRO COM INTERNET

Você está cansado da rotina de trabalho padrão e está buscando novas formas de ganhar dinheiro? Quer saber se essa história de ganhar dinheiro na internet é verdade? Este post é para você.......

sábado, 30 de setembro de 2017

Download 152 Games JAR + Emulador Java (Game Pack)


Neste game pack que estou guardando já faz um tempo, vocês iram encontrar uma grande variedade de jogos em JAR dos antigos dispositivos Sybian. A resolução dos arquivos java constitui-se nas telas de 320x240.

Com este pack você poderá reviver a emoção de jogar os games que um dia foram tão famosos, esperem que gostem.

Download

Todos os Comandos do Windows (cmd)

Microsoft Windows [versão 6.1.7600]
Copyright (c) 2009 Microsoft Corporation. Todos os direitos reservados.

Como abrir o Comando do Windows
· Windows XP: Iniciar/Executar.
· Windows Vista: Iniciar/ em ”Pesquisar programas e arquivos” digite “CMD”.
· Windows 7: Iniciar/ em ”Pesquisar programas e arquivos” digite “CMD”.
· Tecla de atalho: Bandeira do Windows + R.


Obter Ajuda
· Informações sobre comandos digite “HELP”.
· informações sobre um comando específico, HELP + Nome do comando (ex: HELP MOVE).
· Para obter mais informações sobre ferramentas, consulte a referência a linhas de comando na ajuda online.

Painel de controle
· ACCESS.CPL: abre as opções de acesso (Só no XP)
· APPWIZ.CPL: abre a ferramenta Adicionar/Excluír um programa
· AZMAN.MSC: abre o gerenciador de autorizações (Vista e 7)
· CERTMGR.MSC: abre os certificados para o usuário atual
· CLICONFG: abre a configuração dos clientes SQL
· COLLAB.CPL: abre a vizinhança imediata (Vista e 7)
· COMEXP.MSC ou DCOMCNFG: abre a ferramenta serviços e componentes (Vista e 7)
· COMPMGMT.MSC: abre a ferramenta de gestão do computador
· COMPUTERDEFAULTS: abre a ferramenta dos programas padrão (Vista e 7)
· CONTROL /NAME MICROSOFT.BACKUPANDRESTORECENTER: abre o centro de backup e de restauração (Vista e 7).  
· CONTROL ADMINTOOLS: abre as ferramentas de administração
· CONTROL COLOR: abre as configurações de aparência
· CONTROL FOLDERS: abre as opções de pastas
· CONTROL FONTS: abre o gerenciador de caracteres
· CONTROL INTERNATIONAL ou INTL.CPL: abre as opções regionais e linguísticas
· CONTROL KEYBOARD: abre as propriedades do teclado
· CONTROL MOUSE ou MAIN.CPL: abre as propriedades do mouse
· CONTROL PRINTERS: abre as impressoras e os fax disponíveis
· CONTROL USERPASSWORDS: abre o editor de contas dos usuários
· CONTROL USERPASSWORDS2 ou NETPLWIZ: controla os usuários e seus acessos
· CONTROL: abre o Painel de controle
· CREDWIZ: abre a ferramenta de backup e de restauração de senhas dos usuários (Vista e 7)
· DESK.CPL: abre as configurações de afixagem.
· DEVMGMT.MSC: abre o gerenciador de periféricos.  
· DRWTSN32: abre o Dr. Watson (Só no XP)
· DXDIAG: abre a ferramenta de diagnóstico DirectX
· EVENTVWR ou EVENTVWR.MSC: abre o observador de eventos
· FSMGMT.MSC: abre as pastas compartilhadas
· GPEDIT.MSC: abre o editor de estratégias de grupo (Para as edições profissionais e mais do Windows)
· HDWWIZ.CPL: abre o assistente « acréscimo de materiais »
· INFOCARDCPL.CPL: abre o assistente « compatibilidade de programas »
· IRPROPS.CPL: abre o gerenciador de infravermelho
· ISCSICPL: abre a ferramenta de configuração do iniciador ISCI Microsoft (Vista e 7)
· JOY.CPL: abre a ferramenta do controlador de jogos
· LPKSETUP: abre o assistente de instalação e desinstalação dos idiomas d’affichage (Vista e 7)
· LUSRMGR.MSC: abre o editor dos usuários e grupos locais
· MDSCHED: abre a ferramenta de diagnósticos da memória Windows (Vista e 7)
· MMC: abre um novo console vazio
· MMSYS.CPL: abre as configurações de som
· MOBSYNC: abre o centro de sincronização
· MSCONFIG: abre a ferramenta de configuração do sistema
· NAPCLCFG.MSC: abre a ferramenta de configuração do cliente NAP (Vista e 7)
· NTMSMGR.MSC: abre o gerenciador de suporte de armazenamento removível
· NTMSOPRQ.MSC: abre as solicitações do operador de armazenamento removível
· ODBCAD32: abre o administrador de fonte de dados ODBC
· OPÇÃOALFEATURES: abre a ferramenta Adicionar/Excluír componentes do Windows (Vista e 7)
· PERFMON ou PERFMON.MSC: abre o monitor de confiabilidade e de desempenho Windows.
· POWERCFG.CPL: abre o gerenciador de modos de alimentação (Vista e 7)
· REGEDIT ou REGEDT32 (Vista e 7): abre o editor de registro
· REKEYWIZ: abre o gerenciador de certificados de criptografia de arquivos (Vista e 7)
· RSOP.MSC: abre o conjunto de diretivas resultants
· SECPOL.MSC: abre as configurações de segurança local
· SERVICES.MSC: abre o gerenciador de serviços
· SLUI: abre o assistente de ativação do Windows (Vista e 7)
· SYSDM.CPL: abre as propriedades do sistema
· SYSEDIT: abre o editor de configuração do sistema (Atenção, manipular com cautela)
· SYSKEY: abre o utilitário de proteção do banco de dados das contas Windows (Atenção, manipular com extrema cautela!)
· SYSPREP: abre a pasta com a ferramenta de preparação do sistema (Vista e 7)
· TABLETPC.CPL: abre as configurações para o Tablet pc (Vista e 7)
· TASKSCHD.MSC ou CONTROL SCHEDTASKS: abre o planejador de tarefas (Vista e 7)
· TELEPHON.CPL: abre a ferramenta de conexão telefônica
· TIMEDATE.CPL: abre as configurações da hora e da data
· TPM.MSC: abre a ferramenta gestão do módulo de plateforma segura no computador local (Vista e 7)
· UTILMAN: abre as opções de ergonomia (Vista e 7)
· VERIFICAR: abre o gerenciador de verificação dos drivers
· WMIMGMT.MSC: abre o « Windows Management Infrastructure »
· WSCUI.CPL: abre o centro de segurança Windows
· WUAUCPL.CPL: abre o serviço de atualização do Windows (Só no XP)

Programas e ferramentas Windows
· %WINDIR%\SYSTEM32\RESTORE\RSTRUI.EXE: abre a ferramenta de restauração do sistema (Só no XP).  
· CALC: abre à calculadora
· CHARMAP: abre a tabela de caracteres
· CLIPBRD: abre a área de transferência (Só no XP, para adicionar no Vista, veja AQUI).
· CMD: abra o prompt de comando
· DIALER: abre o numerador telefônico do Windows
· DVDPLAY: abre seu leitor DVD
· EUDCEDIT: abre o editor de caracteres privados
· EXPLORER: abre o Windows Explorer
· FSQUIRT: Assistente de transferência Bluetooth
· IEXPLORE: abre Internet Explorer
· IEXPRESS: abre o assistente de criação dos arquivos auto-extraíveis.  
· JOURNAL: abre um novo registrador (Vista e 7)
· MAGNIFY: abre a lupa
· MBLCTR: abre o centro de mobilidade do Windows (Vista e 7)
· MIGWIZ: abre a ferramenta de transferência de arquivos e de configurações Windows (Vista e 7)
· MIGWIZ.EXE: abre a ferramenta de transferência de arquivos e de configurações Windows (Só no XP)
· MOVIEMK: abre o Windows Movie Maker
· MRT: executa o utilitário de remoção de malwares.  
· MSDT: abre a ferramenta de diagnósticos e suporte da Microsoft
· MSINFO32: abre as informações do sistema
· MSPAINT: abre o “Paint”
· MSRA: abre a assistência remota do Windows
· MSTSC: abre a ferramenta de conexão da assistência remota
· NOTEPAD: abre o bloco de notas
· OSK: abre o teclado visual.  
· PRINTBRMUI: abre o assistente de migração da impressora (Vista e 7)
· RSTRUI: abre a ferramenta de restauração do sistema (Vista e 7)
· SIDEBAR: abre o sidebar do Windows (Vista e 7)
· SIGVERIF: abre a ferramenta de verificação das assinaturas de arquivos
· SNDVOL: abre o misturador de volume
· SNIPPINGTOOL: abre a ferramenta captura de tela (Vista e 7).  
· SOUNDRECORDER: abre o gravador
· STIKYNOT: abre o post-it (Vista e 7)
· TABTIP: abre o painel de entrada Tablet PC (Vista e 7)
· TASKMGR: abre o gerenciador de tarefas do Windows
· WAB: abre os contatos (Vista e 7)
· WERCON: abre a ferramenta de relatórios e de soluções de problemas (Vista e 7)
· WINCAL: abre o calendário do Windows (Vista e 7)
· WINCHAT: abre o software Microsoft de bate-papo (chat) na net (Só no XP)
· WINDOWSANYTIMEUPGRADE: permite a atualização do Windows Vista
· WINVER: abre a janela para que você conheça a versão do seu Windows
· WINWORD: abre o Word (se estiver instalado)
· WMPLAYER: abre o leitor Windows Media
· WRITE ou Wordpad: abre o Wordpad

Gestão dos discos
· CHKDSK: realiza uma análise da partição especificada nas configurações do comando (Para mais informações, digite CHKDSK /? no prompt do comando CMD)
· CLEANMGR: abre a ferramenta de limpeza do disco
· DEFRAG: Defragmenta o disco rígido (para saber como usar, veja aqui )
· DFRG.MSC: abre a ferramenta de desfragmentação do disco
· DISKMGMT.MSC: abre o gerenciador de discos
· DISKPART: abre a ferramenta de particionamento (manipulação pesada)

Gestão das redes e Internet
· CONTROL NETCONNECTIONS ou NCPA.CPL: abre as conexões da rede
· FIREWALL.CPL: abre o firewall do Windows
· INETCPL.CPL: abre as propriedades da internet
· IPCONFIG: exibe as configuraçãos dos endereços IP no computador (Para mais informações, digite · IPCONFIG /? no prompt do comando CMD)
· NETSETUP.CPL: abre o assistente de configuração de rede (Só no XP)
· WF.MSC: abre as funções avançadas do firewall do Windows (Vista e 7).

Outros comandos
· %HOMEDRIVE%: abre o explorador na partição onde o sistema operacional está instalado
· %HOMEPATH%: abre a pasta do usuário conectado C:\Documents and settings\[nome do usuário]
· %PROGRAMFILES%: abre a pasta de instalação de outros programas (Program Files)
· %TEMP% ou %TMP%: abre a pasta temporária
· %USERPROFILE%: abre a pasta do perfil do usuário conectado
· %WINDIR% ou %SYSTEMROOT%: abre a pasta de instalação do Windows
· %WINDIR%\system32\rundll32.exe shell32.dll,Control_RunDLL hotplug.dll: exibe a janela "Retirar o dispositivo com segurança"
· AC3FILTER.CPL: abre as propriedades do filtro AC3 (se estiver instalado)
· FIREFOX: executa Mozilla FireFox (se estiver instalado)
· JAVAWS: Visualize o cache do software JAVA (se estiver instalado)
· LOGOFF: fecha a sessão
· NETPROJ: autoriza ou não a conexão a um projetor de rede (Vista e 7)
· Verificador de arquivos do sistema (Precisa de um CD do Windows se o cache não estiver disponível): ( )
· SFC /SCANNOW: escaneia imediatamente todos os arquivos do sistema e localiza os arquivos danificados
· SFC /VERIFYONLY: escaneia apenas os arquivos do sistema
· SFC /SCANFILE="nome e caminho do arquivo": escaneia o arquivo especificado e repara, caso esteja danificado
· SFC /VERIFYFILE=" nome e caminho do arquivo ": escaneia apenas o arquivo especificado
· SFC /SCANONCE: escaneia os arquivos do sistema no arranque seguinte
· SFC /REVERT: repõe a configuração inicial (Para mais informações, digite SFC /? no prompt do comando CMD.
· SHUTDOWN: desliga o Windows
· SHUTDOWN –A: interrompe a desconexão do Windows
· VSP1CLN: remove o cache de instalação do serviço pack 1 do Vista
· ASSOC: Exibe ou modifica associações de extensões de arquivo.
· ATTRIB: Exibe ou altera atributos de arquivos.
· BREAK: Define ou limpa a verificação estendida CTRL+C.
· BCDEDIT: Define propriedades no banco de dados de inicialização para controlar o carregamento da inicialização.
· CACLS: Exibe ou modifica listas de controle de acesso de arquivos.
· CALL: Chama um programa em lotes por meio de outro.
· CD: Exibe o nome do diretório atual ou faz alterações nele.
· CHCP: Exibe ou define o número da página de código ativa.
· CHDIR: Exibe o nome do diretório atual ou faz alterações nele.
· CHKDSK: Verifica um disco e exibe um relatório de status.
· CHKNTFS: Exibe ou modifica a verificação do disco na inicialização.
· CLS: Limpa a tela.
· CMD: Inicia uma nova instância do interpretador de comandos do Windows.
· COLOR: Define as cores padrão do primeiro plano e do plano de fundo do console.
· COMP: Compara o conteúdo de dois arquivos ou grupos de arquivos.
· COMPACT: Exibe ou altera a compactação de arquivos em partições NTFS.
· CONVERT: Converte volumes FAT em NTFS. Não é possível converter a unidade atual.
· COPY: Copia um ou mais arquivos para outro local.
· DATE: Exibe ou ajusta a data.
· DEL: Exclui um ou mais arquivos.
· DIR: Exibe uma lista de arquivos e subdiretórios em um diretório.
· DISKCOMP: Compara o conteúdo de dois disquetes.
· DISKCOPY: Copia o conteúdo de um disquete para outro.
· DISKPART: Exibe ou configura propriedades de partição de disco.
· DOSKEY: Edita linhas de comando, volta a chamar comandos do Windows e cria macros.
· DRIVERQUERY: Exibe status e propriedades do driver de dispositivo atual.
· ECHO: Exibe mensagens ou ativa/desativa o eco de comandos.
· ENDLOCAL: Encerra a localização de alterações de ambiente em um arquivo em lotes.
· ERASE: Exclui um ou mais arquivos.
· EXIT: Sai do programa CMD.EXE (interpretador de comandos).
· FC: Compara dois arquivos ou grupos de arquivos e exibe as diferenças entre eles.
· FIND: Procura uma cadeia de caracteres de texto em um ou mais arquivos.
· FINDSTR: Procura cadeias de caracteres em arquivos.
· FOR: Executa um determinado comando para cada arquivo em um grupo de arquivos.
· FORMAT: Formata um disco para ser usado com o Windows.
· FSUTIL: Exibe ou configura as propriedades do sistema de arquivos.
· FTYPE: Exibe ou modifica os tipos de arquivo utilizados em associações de extensões de arquivo.
· GOTO: Direciona o interpretador de comandos do Windows para uma linha identificada em um programa em lotes.
· GPRESULT: Exibe informações de diretiva de grupo para o computador ou usuário.
· GRAFTABL: Permite que o Windows exiba um conjunto de caracteres estendidos em modo gráfico.
· HELP: Fornece informações de ajuda sobre comandos do Windows.
· ICACLS: Exibir, modificar, fazer backup ou restaurar ACLs de arquivos e diretórios.
· IF: Realiza processamento condicional em arquivos em lotes.
· LABEL: Cria, altera ou exclui o rótulo de volume de um disco.
· MD: Cria um diretório.
· MKDIR: Cria um diretório.
· MKLINK: Cria Vínculos Simbólicos e Links Físicos
· MODE: Configura um dispositivo do sistema.
· MORE: Exibe a saída fazendo pausa a cada tela.
· MOVE: Move um ou mais arquivos de um diretório para outro diretório.
· OPENFILES:  Exibe arquivos abertos por usuários remotos para um compartilhamento de arquivo.
· PATH: Exibe ou define um caminho de pesquisa para arquivos executáveis.
· PAUSE: Suspende o processamento de um arquivo em lotes e exibe uma mensagem.
· POPD: Restaura o valor anterior do diretório atual salvo por PUSHD.
· PRINT: Imprime um arquivo de texto.
· PROMPT: Altera o prompt de comando do Windows.
· PUSHD: Salva o diretório atual e o altera em seguida.
· RD: Remove um diretório.
· RECOVER: Recupera informações legíveis de um disco defeituoso ou danificado.
· REM: Grava comentários (observações) em arquivos em lotes ou no CONFIG.SYS.
· REN: Altera o nome de um ou mais arquivos.
· RENAME: Altera o nome de um ou mais arquivos.
· REPLACE: Substitui arquivos.
· RMDIR: Remove um diretório.
· ROBOCOPY: Utilitário avançado para copiar arquivos e árvores de diretório.
· SET: Exibe, define ou remove variáveis de ambiente do Windows.
· SETLOCAL: Inicia a localização de alterações de ambiente em um arquivo em lotes.
· SC: Exibe ou configura serviços (processos em segundo plano).
· SCHTASKS: Agenda a execução de comandos e programas em um computador.
· SHIFT: Altera a posição dos parâmetros substituíveis em um arquivo em lotes.
· SHUTDOWN: Permite o desligamento local ou remoto adequado do computador.
· SORT: Classifica a entrada.
· START: Inicia uma janela separada para executar um programa ou comando especificado.
· SUBST: Associa um caminho a uma letra de unidade.
· SYSTEMINFO: Exibe a configuração e propriedades específicas da máquina.
· TASKLIST: Exibe todas as tarefas em execução no momento, inclusive serviços.
· TASKKILL: Termina ou interrompe um processo ou aplicativo em execução.
· TIME: Exibe ou ajusta a hora do sistema.
· TITLE: Define o título da janela para uma sessão do CMD.EXE.
· TREE: Exibe graficamente a estrutura de diretórios de uma unidade ou caminho.
· TYPE: Exibe o conteúdo de um arquivo de texto.
· VER: Exibe a versão do Windows.
· VERIFY: Faz com que o Windows verifique se os arquivos estão gravados corretamente em um disco.
· VOL: Exibe o rótulo de volume e o número de série de um disco.
· XCOPY: Copia arquivos e árvores de diretórios.
· WMIC: Exibe informações WMI em um comando interativo do shell.

Top 5+ Melhores Comandos CMD Usados no Hacking


Hoje, nós vamos compartilhar os principais comandos CMD ou MS-DOS que você deve saber se você quer ser um hacker. Percorra a publicação para descobrir os comandos.


Todos sabemos que o Command Prompt é uma das ferramentas mais poderosas do Windows, que é conhecida pelo CMD. É o intérprete da linha de comando no sistema operacional Windows. Com a ajuda do CMD, você pode fazer quase qualquer coisa com seu PC / laptop. Não podemos explicar o que exatamente o CMD pode fazer! No entanto, hackers ou alguns usuários profissionais sabem como fazer uso completo do prompt de comando.

Aqui neste artigo, vamos mostrar-lhe a lista dos melhores comandos CMD que são utilizados pelos hackers. Portanto, se você acabou de se tornar um hacker, então você poderia aprender a utilizar esses dez melhores comandos CMD usados no hacking.

#1 ping

Este comando usa sua conexão à internet para enviar alguns pacotes de dados para um endereço da Web específico, então esses pacotes são enviados de volta ao seu PC. O teste mostra simplesmente a quantidade de tempo necessário para alcançar o endereço específico. Em palavras simples, isso ajuda você a saber se o host que você está fazendo ping está vivo.

Você pode usar o comando Ping sempre que precisar verificar se o computador host pode se conectar à rede TCP / IP e seus recursos.

Por exemplo, você pode digitar o prompt do comando ping 8.8.8.8 que pertence ao Google.

Você pode substituir "8.8.8.8" por "www.google.com" ou qualquer outra coisa que você deseja fazer ping.

#2 nslookup

É uma ferramenta de linha de comando de administração de rede que ajuda você a obter o nome de domínio ou o mapeamento de endereço IP para qualquer registro de DNS específico. Suponha que você tenha um URL do site, mas queira saber seu endereço IP, você pode simplesmente digitar o CMD

nslookup www.google.com (Substitua o Google.com pelo URL do seu site do qual você deseja encontrar o endereço IP)

#3 tracert

Você pode dizer Trace Route, como seu nome, permite aos usuários rastrear a rota que um IP empacotado levou para alcançar um destino. O comando calcula e exibe a quantidade de tempo que cada salto levou para alcançar um destino. Você só precisa digitar

tracert x.x.x.x (se você conhece o endereço IP) ou então você pode digitar tracert www.google.com (Se você não conhece o endereço IP)

#4 arp

Este comando ajuda você a modificar o cache ARP. Você pode executar o comando arp-a em cada computador para ver se os computadores possuem o endereço MAC correto listado um para o outro para executar o ping com sucesso na mesma sub-rede.

Este comando também ajuda os usuários a descobrir se alguém cometeu intoxicação por Arp em sua LAN.

Você pode tentar digitar arp-a no prompt de comando.

#5 ipconfig

Este é o comando que mostra todas as coisas úteis. Ele mostrará o endereço IPv6, o endereço IPv6 temporário, o endereço IPv4, a máscara de sub-rede, o gateway padrão e todas as outras coisas que você deseja saber.

Você pode digitar o prompt de comando "ipconfig" ou "ipconfig/all"

#6 netstat

Se você deseja descobrir quem está estabelecendo uma conexão com seu computador, então você pode tentar digitar no prompt de comando "netstat -a", ele exibirá toda a conexão e você conhecerá as conexões ativas e as portas de escuta.

Digite o prompt de comando "netstat -a"

#7 Route

É um comando que é usado para visualizar e manipular a tabela de roteamento IP no sistema operacional Microsoft Windows. Este comando mostrará tabela de roteamento, métrica e interface.

Você pode digitar o prompt de comando
route print.”

#8 Net View

Este comando exibe toda a lista de recursos, computadores ou domínios compartilhados pelo computador especificado.

Você pode digitar o prompt de comando "net view x.x.x.x ou computername"

#9 Net User

Bem, esse comando é usado para modificar as mudanças para usar contas em um computador. Você pode adicionar, remover usuários com a ajuda deste comando

Você pode usar esses comandos enquanto usa o usuário líquido

net user [<UserName> {<Password> | *} [<Options>]] [/domain] net user [<UserName> {<Password> | *} /add [<Options>] [/domain]] net user [<UserName> [/delete] [/domain]]

#10 Net Use

Este comando foi usado para conectar, remover e configurar conexões com recursos compartilhados, impressoras de rede e outras unidades de gerenciamento. O uso deste comando é um pouco complicado. Então, recomendamos que você visite o site da Microsoft para obter detalhes completos sobre como usar esse comando.

Assim, acima são os 10 melhores comandos CMD usados na pirataria. Você pode realmente explorar o lote mais do que isso, enumeramos mais de 150 comandos CMD em um dos nossos artigos! Espero que gostem da postagem! Compartilhe com seus amigos também. Deixe um comentário abaixo se desejar adicionar qualquer comando na lista.

Top Ferramentas de Hacking de 2017 para Windows, Linux e Mac OS X


Aqui está a lista das melhores ferramentas de hacking éticas 2017 para Windows PC, sistema Linux e MAC OS. Estas são as ferramentas necessárias para cada hacker necessário para diferentes fins.

As ferramentas de hacking que são desenvolvidas por alguns dos melhores codificadores já estão disponíveis para aliviar muitas tarefas complexas que devem ser feitas de forma automática e manual. Nós compilamos esta lista de ferramentas de hackers de topo de 2017 com sua descrição e links de download.

Todas essas ferramentas de hacking 2017 fornecidas aqui são efetivas e gratuitas. Nós publicamos este artigo apenas para fins educacionais, e não promovemos as práticas mal-intencionadas. Aqui estão os Melhores Livros de Hacking de 2017.

Aqui estão as melhores ferramentas de hacking ético 2017:

#1 Metasploit


O Metasploit está disponível para todas as principais plataformas, incluindo Windows, Linux e OS X. Ao invés de chamar a Metasploit de uma coleção de ferramentas de exploração, eu chamarei de uma infra-estrutura que você pode utilizar para criar suas ferramentas personalizadas. Esta ferramenta gratuita é uma das ferramentas de segurança cibernética mais populares que permitem localizar vulnerabilidades em diferentes plataformas. O Metasploit é apoiado por mais de 200.000 usuários e contribuidores que o ajudam a obter informações e descobrir as fraquezas do seu sistema.

Este pacote de ferramentas de hacking superior de 2017 permite simular ataques do mundo real para falar sobre os pontos fracos e os encontra. Como um testador de penetração, ele identifica as vulnerabilidades com a integração Nexpose em loop fechado usando os relatórios Top Remediation. Usando a estrutura de código aberto Metasploit, os usuários podem criar suas ferramentas e tirar o máximo proveito desta ferramenta de hacking multiuso.

#2 Nmap


O Nmap está disponível para todas as principais plataformas, incluindo Windows, Linux e OS X. Eu acho que todo mundo já ouviu falar sobre isso, o Nmap (Network Mapper) é um utilitário livre de código aberto para exploração de rede ou auditoria de segurança. Foi projetado para o Nmap escanear rapidamente grandes redes, embora funcione bem contra hosts únicos. Muitos sistemas e administradores de rede também o acham útil para tarefas como inventário de rede, gerenciamento de agendamentos de atualização de serviço e monitoramento de tempo de atividade do host ou serviço.

O Nmap usa pacotes de IP semeados de maneiras inovadoras para determinar quais hosts estão disponíveis na rede, quais serviços (nome e versão do aplicativo) que esses hosts estão oferecendo, quais sistemas operacionais (e versões do sistema operacional) estão executando, que tipo de filtros de pacotes / firewalls estão em uso e dezenas de outras características. Pode ser usado para descobrir computadores e serviços em uma rede de computadores, criando assim um "mapa" da rede. O Nmap é executado na maioria dos tipos de computadores e as versões gráficas e de console estão disponíveis. O Nmap é uma ferramenta de taxa e código aberto que pode ser usada por iniciantes (-sT) ou por profissionais semelhantes (packet_trace). Uma ferramenta muito versátil, uma vez que você compreende os resultados.

#3 Acunetix WVS


O Acunetix está disponível para o Windows XP e superior. Acunetix é um scanner de vulnerabilidades da Web (WVS) que verifica e descobre as falhas em um site que pode ser fatal. Esta ferramenta multi-threaded rasteja um site e descobre malicioso Cross-site Scripting, injeção SQL e outras vulnerabilidades. Esta ferramenta rápida e fácil de usar verifica sites do WordPress de mais de 1200 vulnerabilidades no WordPress.

O Acunetix vem com um registrador de seqüência de login que permite acessar os segmentos protegidos por senha de sites. A nova tecnologia AcuSensor utilizada nesta ferramenta permite reduzir a taxa de falso positivo. Tais recursos tornaram o Acunetix WVS uma ferramenta de hacking preferida que você precisa verificar em 2017.

#4 Wireshark


Esta ferramenta de código aberto e gratuito foi originalmente denominada Ethereal. Wireshark também vem em uma versão de linha de comando chamada TShark. Este analisador de protocolo de rede baseado em GTK + funciona com facilidade em Linux, Windows e OS X. O Wireshark é um analisador de protocolo de rede Wireshark baseado em GTK + ou sniffer, que permite capturar e navegar interativamente o conteúdo de quadros de rede. O objetivo do projeto é criar um analisador de qualidade comercial para o Unix e dar recursos Wireshark que estão faltando de sniffers de fonte fechada. Funciona muito bem no Linux e no Windows (com uma GUI), é fácil de usar e pode reconstruir Streams TCP / IP.

Leia também: Top 15 melhores ferramentas de hacking para Linux

#5 oclHashcat


Esta útil ferramenta de hacking pode ser baixada em diferentes versões para Linux, OSX e Windows. Se o cracking de senha é algo que você faz diariamente, você pode estar ciente da ferramenta de quebra de senha livre Hashcat. Enquanto o Hashcat é uma ferramenta de cracking de senha baseada em CPU, oclHashcat é sua versão avançada que usa o poder de sua GPU.

oclHashcat se chama a ferramenta de cracking de senhas mais rápida do mundo com o primeiro e único mecanismo baseado em GPGPU do mundo. Para usar a ferramenta, os usuários da NVIDIA requerem ForceWare 346.59 ou posterior e os usuários da AMD requerem o Catalyst 15.7 ou posterior.

Esta ferramenta emprega os seguintes modos de ataque para rachar:
  • Direto
  • Combinação
  • Força bruta
  • Dicionário híbrido + máscara
  • Máscara híbrida + dicionário
Mencionando outra característica importante, oclHashcat é uma ferramenta de código aberto sob licença MIT que permite uma fácil integração ou embalagem das distribuições comuns do Linux.

#6 Nessus Vulnerability Scanner


O Nessus é suportado por uma variedade de plataformas, incluindo Windows 7 e 8, Mac OS X e distros Linux populares, como Debian, Ubuntu, Kali Linux, etc. Esta ferramenta de hacking gratuita superior de 2017 funciona com a ajuda de uma estrutura cliente-servidor. Desenvolvido pela Tenable Network Security, a ferramenta é um dos scanners de vulnerabilidade mais populares que temos. Nessus serve diferentes propósitos para diferentes tipos de usuários - Nessus Home, Nessus Professional, Nessus Manager e Nessus Cloud.

Usando Nessus, pode-se verificar vários tipos de vulnerabilidades que incluem detecção de falhas de acesso remoto, alerta de configuração errada, negação de serviços contra pilha TCP / IP, preparação de auditorias PCI DSS, detecção de malware, buscas de dados confidenciais etc. Para iniciar um ataque de dicionário, Nessus também pode chamar uma ferramenta popular Hydra externamente.
Além das funcionalidades básicas acima mencionadas, o Nessus poderia ser usado para escanear múltiplas redes nas redes IPv4, IPv6 e híbridas. Você pode configurar a varredura agendada para ser executada no horário escolhido e voltar a verificar a totalidade ou uma subseção de hosts anteriormente digitalizados usando o re-scanning seletivo do host.

#7 Maltego


A ferramenta de hacking Maltego está disponível para Windows, Mac e Linux. Maltego é uma plataforma forense de fonte aberta que oferece uma mineração rigorosa e coleta de informações para pintar uma imagem de ameaças cibernéticas ao seu redor. Maltego se destaca em mostrar a complexidade e a gravidade dos pontos de falha em sua infraestrutura e no ambiente circundante.

Maltego é uma ótima ferramenta de hackers que analisa os links do mundo real entre pessoas, empresas, sites, domínios, nomes DNS, endereços IP, documentos e outros. Com base em Java, esta ferramenta é executada em uma interface gráfica fácil de usar com opções de personalização perdidas durante a digitalização.

Leia também: Top 5+ Melhores Comandos CMD Usados no Hacking

#8 Social-Engineer Toolkit


Além do Linux, o Social-Engineer Toolkit é parcialmente suportado no Mac OS X e no Windows. Também apresentado no Sr. Robot, o TrustedSec's Social-Engineer Toolkit é uma estrutura avançada para simular vários tipos de ataques de engenharia social, como colheitas de credenciais, ataques de phishing e muito mais. No show, Elliot é visto usando a ferramenta de spoofing SMS no Social-Engineer Toolkit.

Esta ferramenta baseada em Python é a ferramenta padrão para testes de penetração de engenharia social com mais de dois milhões de downloads. Ele automatiza os ataques e gera emails disfarçados, páginas web maliciosas e muito mais.

Para baixar o SET no Linux, digite o seguinte comando:

git clone https://github.com/trustedsec/social-engineer-toolkit/ set /

#9 Nessus Remote Security Scanner


Recentemente foi fechado fonte, mas ainda é essencialmente gratuito. Funciona com uma estrutura cliente-servidor. Nessus é o Scanner de Segurança Remoto o mais popular scanner de vulnerabilidades usado em mais de 75.000 organizações em todo o mundo. Muitas das maiores organizações do mundo estão percebendo importantes economias de custos ao usar o Nessus para auditar dispositivos e aplicativos empresariais criativos para empresas.

#10 Kismet

Kismet é um detector de rede sem fio 802.11 layer2, sniffer e sistema de detecção de intrusão. O Kismet funcionará com qualquer cartão sem fio kismet que suporte o modo de monitorização bruta (rfmon) e possa cheirar tráfego 802.11b, 802.11a e 802.11g. Uma boa ferramenta sem fio enquanto o seu cartão suportar o rfmon.

#11 John The Ripper


John the Ripper é gratuito e o software Open Source, distribuído principalmente no formulário de código fonte. É a ferramenta de software de cracking de senha. É um dos testes de senha mais populares e programas de quebra, pois combina vários crackers de senha em um único pacote, autodeteciona tipos de hash de senha e inclui um cracker customizável.

Leia também: Top 10+ melhores aplicativos de hacking WiFi para Android

#12 Unicornscan

O Unicornscan é uma tentativa de uma pilha TCP / IP distribuída pelo usuário para coleta e correlação de informações. Destina-se a fornecer a um pesquisador uma interface superior para a introdução de um estímulo e medição de uma resposta de um dispositivo ou rede habilitado para TCP / IP. Algumas de suas características incluem digitalização TCP sem estado assíncrona com todas as variações de sinalizadores TCP, captura de banner TCP sem estado assíncrona, e sistema operacional remoto ativo / passivo, aplicação e identificação de componente ao analisar as respostas.

#13 Netsparker


O Netsparker é um scanner de segurança de aplicativos web fácil de usar que usa a tecnologia avançada de varredura de vulnerabilidades baseada em prova e possui ferramentas de teste e exibição de penetração embutidas. O Netsparker explora automaticamente as vulnerabilidades identificadas de uma maneira única e segura e também produz uma prova de exploração.

#14 Burp Suite

O Burp Suite é uma plataforma integrada para testes de segurança de aplicativos web. Suas várias ferramentas funcionam perfeitamente juntas para suportar todo o processo de teste, desde o mapeamento inicial e a análise da superfície de ataque de um aplicativo até a busca e exploração de vulnerabilidades de segurança.

Outras melhores ferramentas de hacking:
  • SuperScan: scanner de porta TCP efetivo, pinger, resolver. O SuperScan 4 é uma atualização da ferramenta de varredura da porta do Windows extremamente popular
  • Cain e Abel: a faca suiça de ferramentas de hacking. Cain & Abel é uma ferramenta de recuperação de senha para sistemas operacionais da Microsoft.
  • Scanners de Vulnerabilidade da Web: Firebug, AppScan, OWASP Zed, Proxy Paros
  • Ferramentas de Exploração de Vulnerabilidade: SQLmap, Core Impact, WebGoat, BeEF
  • Ferramentas forenses: Helix3 Pro, EnCase, Autopsia
  • Scanners portuários: NetScanTools, Angry IP Scanner
  • Ferramentas de Monitoramento de Tráfego: Nagios, Ntop, Splunk, Ngrep, Argus
  • Depuradores: IDA Pro, WinDbg, Depurador de imunidade, GDB
  • Detectores Rootkit: DumpSec, Tripwire, HijackThis
  • Ferramentas de criptografia: OpenSSL, OpenSSH / PuTTY / SSH, Tor
  • Crackers de Senha: Aircrack, Hydra, ophcrack
  • NetStumbler: Sim, uma ferramenta sem fio decente para o Windows!
Leia também: Melhores ferramentas de hacking Android 2017

Então, acima, estão as melhores ferramentas de hacking éticas 2017 para Windows, Linux e MAC OS X e devem ter ferramentas para cada hacker e essas ferramentas são usadas no PC. Se você gosta desta postagem, não se esqueça de compartilhar com seus amigos. Se você enfrentar qualquer problema, sinta-se à vontade para discutir a seção de comentários abaixo.

Defesa - PHP Injection


Olá! Eu postarei aqui um código de defesa do PHP Injection!
Se você usa urlencode e já foi invadido por crackers, ou você usa urlencode e nunca foi invadido, mas deseja se defender, aqui está o código! Aproveitem!

redir.php:

#####Scripts 100% By RoxZin#####
//-----Começo do Tutorial-----\\
$id = $_GET["id"]; //Aqui você pega a variável "id" da barra de endereços

if(in_array($id, array("home", "download"))){ //Aqui verifica se a string contém alguma coisa inválida
echo "Erro! Provável ataque de PHP Injection!"; //Aqui envia uma mensagem caso tenha alguma coisa inválida
}
else{ //Aqui, caso não contenha nada de errado na string, continua o urlencode
if(id == "home"){
include "index.php";
}
elseif(id == "download"){
include "downloads.php";
}
else{
include "404.php";
}
}
//-----Fim do Tutorial-----\\
#####Scripts 100% By RoxZin#####
?>


Agora testem, coloquem assim:
http://127.0.0.1/redir.php?id=http://www. site.com&cdm=teste.cgi

Este código acima não é 100% eficaz, mas ajuda muito!

Fonte:
http://www.codigofonte.net/dicas/php/261_php-injection

Deixe o boot do Windows 7 ainda mais rápido!


O Windows 7 apresenta o recurso SuperFetch que acelera o carregamento de programas e do boot do Windows com o passar do tempo. Mas se você usa muitos programas que são iniciados com o computador, pode configurar o SuperFetch de forma que seu foco seja apenas o boot do Windows – acelerando ainda mais o processo.
1. Use os arquivos abaixo para fazer a alteração automática do SuperFetch do Windows 7. Lembre-se de reiniciar o computador para que a alteração entre em vigor.
windows_7_superfetch_boot_programas_SoftseMais_.zip

" target="_blank">- SuperFetch do Windows 7 com foco no boot e nos programas



" target="_blank">- SuperFetch do Windows 7 com foco exclusivo no boot
2. Para fazer a alteração de forma manual, entre no editor de registro do Windows 7, digitando regedit na caixa de pesquisa do Menu Iniciar.



3. Entre na chave HKEY_LOCAL_MACHINE \ SYSTEM \ CurrentControlSet \ Control \ Session Manager \ Memory Management \ PrefetchParameters. Clique com o botão direito do mouse em PrefetchParameters e escolha Exportar para criar uma cópia de segurança do registro.



4. O que você precisa fazer é alterar os valores EnablePrefetcher e EnableSuperfetch para 2 e reiniciar o computador.




Otimização do gerenciamento de memória


Para otimiza o gerenciamento de memória do sistema temos que impedir que os ficheiros executivos do Windows sejam paginado no disco rígido, assim o sistema operacional e os programas vão trabalhar mais harmoniosos.

Vá em Iniciar / Executar e digite "regedit.exe"
HKEY_LOCAL_MACHINE \ System \ CurrentControlSet \ Control \ Session Manager \ Memory Management, mude o valor de DisablePagingExecutive de "0" para "1"

Comandos para reparar o Windows


Não diga que você nunca deu pau no seu Pc e teve que formatar??? hein??? e também quem nunca se empolgo ou quis testar o GNU/Linux ??? mas depois desistiu, não curtiu muito ou precisou daquele espaço no HD??? muitas destas formatações poderiam se resolver com uma simples verificação de erros e uma reparação, então abaixo os principais comandos para se usar nestas ocasiões ou ate mesmo pra fazer uma manutençãozinha de rotina!

“CHKDSK C: /F”
Corrige problemas de sistemas de arquivos / corrompimento / erros de arquivos
(sem aspas; substitua C: pela unidade do windows instalada, caso tenha instalado em outra partição, o que é muito raro =D)

Como aplicar:

Windows XP > Iniciar, Executar, “cmd” (sem aspas). Na janela que se abrir, digite o comando “chkdsk c: /f”, dê enter, aceite pressionando S (Sim) e reinicie o computador. Aguarde a conclusão.
Windows Vista/Seven > Iniciar, na barra de pesquisa digite CMD, quando aparecer o promp de comando ou CMD.exe na busca, clique com botão direito, escolha executar como administrador, digite o comando “chkdsk c: /f” na janela que abrir, aceite dando um S (Sim) e reinicie o computador.

“SFC /SCANNOW”
Repõe os arquivos que faltam no Windows e restaura os originais, caso tenha ocorrido modificação no sistema
Observações:
Talvez seja necessário possuir o CD/DVD do Seu Windows em mãos, pois ele pode pedir
Restaura ícones originais do Windows caso tenham sido modificados / bootscreen / logon / Deskmods
Isto desabilita o boot de Windows Vista e Seven piratas.

Como aplicar:
Windows XP > Iniciar, Executar, “cmd” (sem aspas). Na janela que se abrir, digite o comando “sfc /scannow”, dê enter e aguarde.
Windows Vista/Seven > Iniciar, na barra de pesquisa digite CMD, quando aparecer o promp de comando ou CMD.exe na busca, clique com botão direito, escolha executar como administrador, instira o comando “sfc /scannow” , dê enter e aguarde.

“Copy x:\i386\NTLDR y:\”
“Copy x:\i386\NTDETECT.COM y:\”
Restaura o NTLDR necessário para boot do Windows XP
Como aplicar:
Insira o CD do Windows XP como se fosse formatar seu computador, dê boot, e pressione a tecla R quando sugerido para você entrar no console de restauração.
Após, digite os comandos acima, substituindo X pela unidade de CD/DVD (geralmente D:\ ou E:\) e Y a unidade onde o Windows está instalado (muito provavelente C:\)
Exemplo:

“Copy D:\i386\NTLDR C:\” dê um enter, depois:
“Copy D:\i386\NTDETECT.COM C:\” dê enter de novo e reinicie.

Para restaurar o boot do Vista ou Seven basta fazer o mesmo, entrar no sistema como se fosse instalar, selecionar reparar o seu computador (fica no rodapé, momentos antes de instalar) e o próprio Windows fará o resto.

Download Apostila Domine o Regedit


Esta apostila contém diversos truques que vc poderá fazer no Windows, a partir do REGEDIT.Estão todas testadas e aprovadas. Foi uma coletanea realizada pelo Hacker do PC e que é uma reunião de informaçoes encontradas na Net.Abaixo está apenas algumas das dicas… Somente algumas.

Assuntos
  • Bloquear acesso ao Painel de Controle 
  • Forçar o estilo clássico no Painel de Controle 
  • Bloquear a alteração do Papel de Parede 
  • Desabilitar a Limpeza da Área de Trabalho 
  • Remover a Lixeira da Área de Trabalho 
  • Não permitir que o usuário altere o caminho de Meus Documentos 
  • Não Permitir o Compartilhamento de arquivos recentemente abertos 
  • Remover e Impedir Acesso a Opção “Desligar” do Menu Iniciar 
  • Não manter Histórico de Documentos abertos recentemente 
  • Limpar Histórico de Documentos abertos recentemente ao sair 
  • Desativar Rastreamento do Usuário Bloquear “Barra de Tarefas” 
  • Remover as dicas dos balões nos itens do “Menu Iniciar” 
  • Desabilitar Atualizações Automáticas do Windows 
  • Remover o “Gerenciador de Tarefas” [Ctrl+Alt+Del] 
  • Limpar o Histórico de Urls acessadas no Internet Explorer a cada 1 dia 
  • Não Permitir o Internet Explorer coletar informações do AutoCompletar 
  • Finalização Automática das tarefas 
  • Optimização no Boot 
  • Menu Iniciar Máis Rápido
  • Descarregar DLLs inutlizadas da Memória 
  • Aumentar o Número de Downloads Simultâneos no Internet Explorer 
  • Aumentar a Taxa de Upload 
  • Limpar o Arquivo de Troca ao Encerrar o Windows 
  • Pesquisa de Computadores Mais Eficaz 
  • Desabilitar Cache para Thumbnails (Miniaturas) 
  • Otimização para o Cache de DNS 
  • Remover Executar do Menu Iniciar 
  • Esconder Relógio do Windows 
  • Limpar Arquivos Temporários do Internet Explorer 
  • Desabilitar a Notificação de Antivírus Desativado 
  • Desabilitar a Notificação de Firewall Desativado 
  • Desabilitar a Notificação de Atualizações Automáticas Desativada 
  • Disabilitar Auto-Run do CD-ROM 
  • Desabilitar Windows Messenger 
  • Desocultar o Relógio do Windows 
Opções de download
4shared

Download H4CK3R - Especial Firewall PDF


Conceitos gerais de segurança, Técnicas de Defesa, Programação de regras,
Uso de patches, Mascaramento e Tabelas Nat, Comandos avançados do IpTables, Utilização de Filtros.

A revista aborda os seguintes temas :
  • Teoria do Firewall
  • Firewall Anônimo
  • Estratégias para Firewall
  • Tech Bugs
  • IPTables
  • Firewall no Windows
  • Firewall Externo

Tamanho: 60Mb
Formato: Pdf – Rar
Páginas: 32


Opções de download
4shared
Acessar Online

Tutorial Ardamax keylogger 3.9.3 Instalação Remota

Faça o download do ArdamaxKeylogger + Serial
Clicando aqui
Para voce fazer um keylogger remoto voce deve ter um email do bol 
se não tiver basta criar uma conta ...
Ja com o Ardamax Baixado em seu computador 
vamos instalar ...
Clique em "I Agree"
Clique em "Next"
Clique em "Install"
Clique com o Botão direito do Mouse em cima desse icone
Clique em "ENTRE COM A CHAVE DE REGISTRO..."
e Coloque o Serial que veio junto com o download que voce fez 
Depois clique em Instalação Remota
Clique em Avançar
Deixe aqui como esta , o trojan vai ser instalado na pasta system do Windows
Aqui deixe tudo selecionado para que o trojan fique invisivel no pc da vitima
Não Habilite a segurança pois seus registros podem não chegar...
Aqui deixe como esta , a menos que voce queira que o trojan se alto Destrua para não receber mais registros
aqui Desmarque o "Envie apenas se o tamanho do registro "
e escolha o tempo de sua vontade para receber o registro , aconcelhavel 20 minutos
aqui coloque o seu email bol
e sua senha , e deixe o seguinte servidor
smtps.bol.com.br com a porta 587 e segurança nenhuma
Aqui configure do jeito que achar melhor 
Depois é só concluir e copiar o Install e mandar para as vitimas (: